Fechar

Quem serão os ESCRAVOS da NOM no Mundo?

OS ESCRAVOS da NOM – NOVA ORDEM MUNDIAL seremos TODOS NÓS NO MUNDO, SE NÃO NOS UNIRMOS, para quebrar as PERNAS (OS COOPTADOS) dos COMUNISTAS/GLOBALISTAS, abaixo relacionamos todos os escravizados se não USARMOS O NOSSO PODER DO CONHECIMENTO, para as atitudes necessárias TODOS UNIDOS:

Com a vacinação em massa com vacinas expressas eles, acabarão com os mais velhos, acima de 75 anos e depois acima de 50 anos, e os menores de 15 anos nem me atrevo a dizer o que será feito.

Toda a população mundial de 15 a 50 anos, acima dessa idade os que sobrarem das vacinas, ainda vivos serão deletados. SURPREENDA-SE COM OS ESCRAVOS:

– cidadãos homens e mulheres de todas as etnias e de todos os credos religiosos
– traficantes
– milicianos
– militantes do PT, PSOL, NOVO, etc.
– comunistas
– toda a mídia
– universitários
– sindicalistas
– militantes da esquerda
– militantes sem teto e sem terra
– militantes de diversos gêneros
– indígenas
– guardas municipais
– policiais militares
– policiais federais
– Exército
– Aeronáutica
– Marinha
– Policia Rodoviária Federal
– presidentes
– governadores
– padres
– arcebispos
– prefeitos
– juízes de todas as instâncias
– desembargadores
– deputados
– deputados corruptos
– senadores
– advogados
– senadores corruptos
– vereadores
– vereadores corruptos
– assaltantes
– médicos
– enfermeiros
– atores
– escritores
– professores
– jogadores
e também todos os outros não citados.

A REALIDADE É: SE NÃO FIZERMOS, UNIDOS, POVOS DO MUNDO, O QUE NOSSO PODER SOBERANO DÁ O PODER DE FAZER QUE É A QUEBRA DOS PERNAS DOS COMUNISTAS/GLOBALISTAS QUE SÃO “OS COOPTADOS”, OS COMUNISTAS/GLOBALISTAS CONTINUARÃO ATUANDO E A NOM ACONTECERÁ. Até 2024 esses inimigos tentarão acabar com o CAPITALISMO consequentemente acabar com o DINHEIRO, COM O EMPREGO, SEM MOEDA, em seguida a ESCRAVIDÃO.

UNIDOS derrotaremos os COOPTADOS, que são as pernas dos COMUNISTA/GLOBALISTA que são a alma da NOM. Não terão a quem mais comandar.

È preciso que tenhas em mente, eles não respeitaram em nenhum momento os nossos DIREITOS HUMANOS, não respeitaremos os deles, OLHO POR OLHO DENTE POR DENTE.

 

 

Sobre o autor